HMSI realiza procedimento para eliminar pedra no rim por cirurgia a laser

De 31 de julho de 2019Notícias
Hospital e Maternidade Santa Isabel

Foto: Dr. José Fabiano Dócusse, um dos médicos urologistas do HMSI

O Hospital e Maternidade Santa Isabel (HMSI) realiza em Jaboticabal procedimento de ureterolitotripsia flexível com auxílio de laser, utilizado para eliminar pedras de até 15 milímetros nos rins de pacientes.

A cirurgia consiste na introdução de um tubo no canal da uretra, e dali até o rim, quebrando a pedra, por meio da aplicação a laser, em pequenos pedaços que irão sair pela urina. Trata-se de um procedimento de média complexidade e é o que está em sintonia com os mais modernos procedimentos para o tratamento de cálculos renais adotados em todo o mundo.

A cirurgia evita a necessidade de incisões ou cortes no paciente, permitindo acessar o rim pelas vias urinárias, com menor agressividade. Além disso, o processo de tratamento tem o acompanhamento de exames de imagem para auxiliar o cirurgião.

O HMSI avança para adotar ainda mais resolutividade na extração a laser de cálculos renais maiores. Hoje, a equipe do hospital oferece solução a praticamente 100% dos casos clínicos, encaminhando para outros centros apenas um pequeno número de pacientes.

Além disso, a urologia é uma das especialidades médicas que conquistou os maiores avanços tecnológicos nas últimas décadas, trazendo ao profissional e à instituição de saúde o desafio da permanente evolução em benefício do paciente.

Atualmente, o HMSI realiza também biópsias Prostáticas (exame para identificar câncer de próstata), possui laboratório de estudo urodinâmico (para avaliar funcionamento da bexiga), está apto a tratar câncer genitourinário, realiza cirurgias laparoscópicas e endourológicas (técnicas minimamente invasivas), além da reversão de vasectomia.

A equipe responsável por realizar esse tipo de cirurgia no Hospital e Maternidade Santa Isabel é composta por médicos urologistas, enfermeiros e radiografistas, que acompanham a ureterolitotripsia flexível com auxílio de laser.

“A realização desse procedimento reduz o sofrimento e a espera dos pacientes que necessitam do tratamento. Além disso, evidencia ainda mais a capacidade e a estrutura do nosso hospital para realizar procedimentos de média e alta complexidade”, afirmou o coordenador do HMSI, Dr. Jeyner Valério Júnior.

“A cirurgia a laser é minimamente invasiva, porque o procedimento é realizado por meio de um orifício natural, a uretra. Não exige cortes, ocasionando menos dor e desconforto ao paciente, que apresenta recuperação mais rápida e retorno às atividades diárias em menor tempo”, ressaltou o Dr. José Fabiano Dócusse, um dos médicos urologistas responsáveis por realizar o procedimento no HMSI.

Confira a equipe de médicos urologistas do HMSI

Dr. João Batista Zucolo
Dr. Jorge Duarte Ribeiro
Dr. José Fabiano Dócusse
Dr. José Francisco A. G. Martins

Deixe seu comentário