Category

Notícias

HMSI realiza procedimento inédito em Jaboticabal para paciente com AVC Isquêmico

por Notícias 2 Comments

A equipe do Serviço de Hemodinâmica e Cardiologista Intervencionista do Hospital e Maternidade Santa Isabel (HMSI) realizou, nesta segunda, 22, procedimento de fechamento (oclusão) do Forame Oval Patente em um paciente acometido por Acidente Vascular Cerebral Isquêmico. O tratamento, de alta complexidade, foi realizado pela primeira vez em Jaboticabal e considerado bem-sucedido. Seu objetivo é evitar um novo episódio de AVC Isquêmico no paciente.

O Forame Oval Patente (FOP) é uma abertura que se dá entre os átrios esquerdo e direito do coração, que ocorre em cerca de um quinto da população adulta. Normalmente não apresenta sintomas, mas esse orifício pode ser responsável por um AVC isquêmico em pessoas acometidas pelo episódio quando não há outro motivo aparente.

O procedimento é eletivo e foi realizado em um paciente da Unimed Jaboticabal. Ele é feito por meio da introdução de uma agulha na veia femoral (punção venosa), na perna, onde é inserido um cateter com uma prótese, e deslocado até o átrio esquerdo, no coração. Todo o processo é acompanhado por meio de imagens fornecidas pela escopia do equipamento de hemodinâmica e por ecocardiograma.

“O procedimento é pouco invasivo, realizado por meio de uma intervenção percutânea (punção na pele para acesso aos órgãos internos), e mais seguro que uma cirurgia tradicional. O paciente permanece o tempo todo sedado, e, geralmente, em até 24 horas ele pode ir para casa”, afirma um dos médicos responsáveis pelo serviço de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista, Dr. Rafael Brolio Pavão, e um dos que conduziram o procedimento.

“É uma conquista para nós, do Hospital e Maternidade Santa Isabel, poder oferecer mais um serviço de alta tecnologia. Esse procedimento ajuda nosso hospital a subir mais um degrau na oferta de serviços em saúde de alta complexidade para a microrregião”, ressalta Dr. Jeyner Valério Júnior, coordenador do HMSI.

Todo o procedimento foi realizado pela equipe composta pelos médicos cardiologistas Dr. Rafael Brolio Pavão e Dr. Elias de Mello Ayres Neto, e acompanhado por equipe de enfermagem e ecocardiografista.

O que é o FOP

O Forame Oval Patente é uma comunicação existente entre os átrios direito e esquerdo do coração. Ele se desenvolve durante a gestação, no feto, e na maioria das pessoas se fecha naturalmente. Em cerca de um quinto da população, no entanto, ele continua presente na vida adulta.

O AVC Isquêmico se dá quando uma artéria do cérebro se fecha. Quando ele é causado por FOP, é quando há a passagem de um coágulo (trombo) do lado direito para o lado esquerdo e, daí, para o cérebro, resultando, consequentemente, no episódio de acidente vascular com bloqueio de artéria.

O simples fato do FOP estar aberto não é indicativo para que o procedimento seja realizado, e, sim, a ocorrência do AVC Isquêmico, principalmente em pacientes que não se enquadrem em fatores de risco tradicionais, ou seja, mais jovens, sem quadro de hipertensão ou diabetes e sem fibrilação atrial no coração.

Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista

O Serviço de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista é oferecido em Jaboticabal desde o início de 2017 por meio de parceria entre a Unimed Jaboticabal, o Hospital e Maternidade Santa Isabel e a Clínica CardioVida, de Ribeirão Preto.

Possibilita a realização de procedimentos como o cateterismo cardíaco e implante de stent coronariano. Também auxilia o diagnóstico e tratamento de doenças cardíacas em adultos e crianças, de maneira minimamente invasiva, através dos vasos sanguíneos, sem necessidade de cirurgia.

A oferta desse serviço no município evita a necessidade de deslocamento dos pacientes e abrevia o tempo entre os primeiros socorros e o procedimento. Os recursos humanos e tecnológicos do novo serviço de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista são os mesmos prestados pela equipe CardioVida, que atua no setor de Hemodinâmica em Ribeirão Preto. 

Provedores do Hospital e Maternidade Santa Isabel são homenageados em Sessão Solene da Câmara Municipal de Jaboticabal

por Notícias No Comments

“Há 115 anos o Hospital e Maternidade Santa Isabel (HMSI) eleva o índice de qualidade de vida da comunidade jaboticabalense, prestando atendimento humano e técnico da melhor qualidade aos pacientes. Os provedores da Irmandade de Misericórdia realizam um trabalho voluntário, competente e dedicado”, resumiu em seu discurso o vereador Dr. Edu Fenerich, autor da propositura que estabeleceu Sessão Solene para homenagear, no dia 2 de julho, os provedores do HMSI ao longo dos seus 115 anos de vida, celebrados nessa data.

Durante o evento, realizado na Câmara Municipal de Jaboticabal, foi feita a entrega de títulos de honra ao mérito a provedores e familiares (para homenagens in memoriam) e apresentada a galeria de quadros com as fotos de todos os 16 provedores do hospital.

O Hospital e Maternidade Santa Isabel atende uma população de aproximadamente 140 mil pessoas, de Jaboticabal, Barrinha, Guariba e Pradópolis. Conta com 82 leitos nas unidades de internação A e B e Maternidade, dos quais: 17 de cirurgia geral, 35 de clínica geral, 14 de obstetrícia cirúrgica, dois de obstetrícia clínica, seis de pediatria clínica e oito leitos de UTI Geral.

Emprega, atualmente, 269 colaboradores, e conta com 76 médicos em seu corpo clínico. Em 2018, foram realizadas 2.315 internações, e o índice de satisfação dos usuários do hospital ficou em 96% de avaliações positivas, de acordo com pesquisa do Ministério da Saúde.

Para manter o caráter de hospital filantrópico, o HMSI deve contabilizar ao menos 60% de atendimentos a pacientes SUS – em 2018, o índice ficou em 72,93%. Além disso, ao contrário da maioria dos hospitais filantrópicos do país, o HMSI está rigorosamente em dia com suas obrigações tributárias e fiscais.

A Sessão Solene realizada na Câmara contou com a presença de Luiz Eduardo Romero Gerbasi, atual provedor, diretor superintendente da Unimed Jaboticabal e um dos homenageados, e que compôs a mesa da sessão ao lado do prefeito municipal, José Carlos Hori, dos vereadores Dr. Edu Fenerich e Edinei Valencio (presidente da sessão) e do presidente da Unimed Jaboticabal, Luiz Roberto Lins Ferraz. Também estiveram presentes os diretores da Unimed Jaboticabal Oswaldo Costa Cesar Neto (diretor financeiro), e Marcos da Silveira (diretor vice-presidente).

Administrado em coparticipação entre a Irmandade de Misericórdia e a Unimed, a importância da parceria foi lembrada pelo prefeito municipal e pelo vereador autor da propositura, que ressaltaram a evolução do HMSI desde 2001, quando o processo de coadministração foi firmado.

“A partir do momento que a Unimed assume a administração do hospital de forma desprendida, no sentido de socorrer, podemos ver nitidamente a qualidade estrutural e funcional de uma nova Santa Casa. Muitas vezes a Unimed já foi criticada, porque estaria usando a estrutura física da Santa Casa, mas o que seria do Hospital e da nossa saúde pública se não fosse essa parceria”, questionou o prefeito municipal.

“Essa fantástica parceria permitiu uma série de novas conquistas e possibilitou que fosse escrita uma nova história da nossa Santa Casa, abrilhantada pela significativa melhoria no padrão da qualidade na assistência à saúde. Sem essa somatória de esforços e recursos, dificilmente o Hospital e Maternidade Santa Isabel estaria de portas abertas”, reforçou Dr. Edu Fenerich.

“A comunidade sempre esteve presente contribuindo com o nosso hospital, que evoluiu ao longo desses 115 anos para atender a população. Somos o único hospital que atende pacientes do SUS em nossa cidade, e nosso objetivo é aprimorar cada vez mais a complexidade dos serviços oferecidos”, ressaltou o atual provedor Luiz Eduardo Romero Gerbasi.

“Nós não temos como imaginar o que o nosso hospital já fez pelas pessoas. Quantas vidas socorreram, quantas vidas salvaram e quantas vidas trouxeram com qualidade ao mundo. E não importa quantos anos cada provedor atuou à frente do Hospital, eu tenho certeza de que cada um deles poderia escrever um livro sobre sua história à frente do HMSI”, afirmou o prefeito José Carlos Hori.

Também receberam o título de honra ao mérito os ex-provedores José Francisco A. Geraldo Martins (2009 a 2011), Jeyner Valério Júnior (2005 a 2007), Luiz D’Aparecida Gerbasi (1995 a 2003) e José Francisco Baratella (1985 a 1991). Carlos Alberto Durigan, da Loja Fraternidade Acadêmica Jocelyn de Godoy, representou Mário Fernando Berlingieri, provedor entre os anos de 2003 e 2005 e de 2007 a 2009, que não pôde estar presente ao evento.

A Sessão Solene homenageou ainda, in memoriam, ex-provedores do HMSI representados por seus familiares: Antonio de Paula Eduardo (1930 a 1937), representado pela neta Heloísa Colletes Bellodi; Major Américo de Araújo Lopes (1937 a 1944), representado pela bisneta Raquel de Araújo Freitas; Pedro Dória (1944 a 1949), representado pela neta Maria Christina Dória Costa; Antonio Arrobas Martins (1949 a 1955), representado pelo neto Dr. Fernando Arrobas Martins; Armando Lerro (1955 a 1971), representando pela filha Maria do Carmo Lerro Verardino; e Romário Niero (1971 a 1985), representado pela filha Elenice Niero.

Também participaram da solenidade o secretário municipal de saúde, João Roberto da Silva, os vereadores Dona Cidinha, Luis Carlos Fernandes e Wilsinho Locutor, Renato Kamla – representando a Loja Maçônica Fé e Perseverança, além de médicos do corpo clínico do hospital e colaboradores do HMSI.

Confira a relação com todos os provedores do HMSI desde sua fundação

  • 1904 a 1916 – Dr. Antonio Martins Fontes
  • 1916 a 1921 – Major João Baptista Novais de Aguiar
  • 1921 a 1930 – Dr. Joaquim Antonio de Oliveira Neves
  • 1930 a 1937 – Antonio de Paula Eduardo
  • 1937 a 1944 – Major Américo de Araújo Lopes
  • 1944 a 1949 – Pedro Dória
  • 1949 a 1955 – Dr. Antonio Arrobas Martins
  • 1955 a 1971 – Armando Lerro
  • 1971 a 1985 – Romário Niero
  • 1985 a 1991 – José Francisco Baratela
  • 1991 a 1995 – Dr. Eduardo Carlos Rodrigues Nogueira
  • 1995 a 2003 – Luiz D’Aparecida Gerbasi
  • 2003 a 2005 e 2007 a 2009 – Mário Fernando Berlingieri
  • 2005 a 2007 – Dr. Jeyner Valério Júnior
  • 2009 a 2011 – Dr. José Francisco A. Geraldo Martins
  • 2011 a 2021 – Dr. Luiz Eduardo Romero Gerbasi

Provedores do HMSI serão homenageados na próxima terça, 2 de julho, em Sessão Solene na Câmara Municipal de Jaboticabal

por Notícias No Comments

Na próxima terça-feira, 2 de julho, o Hospital e Maternidade Santa Isabel (HMSI) completa 115 anos de história. Nessa data, a Câmara Municipal de Jaboticabal realiza Sessão Solene em homenagem aos provedores da Irmandade de Misericórdia, conforme decreto legislativo proposto pelo vereador Dr. Edu Fenerich.

A solenidade realizará a entrega de diplomas de honra ao mérito aos próprios provedores ou a familiares, no caso de homenageados já falecidos. O evento, aberto ao público, acontece a partir das 20 horas, na sede do Legislativo Municipal.

A homenagem também procederá a instalação da Galeria de Provedores do HMSI, reunindo quadros com fotos de todos os que passaram pelo cargo nos 115 anos de história da instituição de saúde.
“Para levantar essa antiga e rica história, o HMSI contou com a importante ajuda de familiares ou historiadores para reunir fotos de provedores já falecidos”, afirma o atual provedor, Dr. Luiz Eduardo Romero Gerbasi.

“Foi um trabalho árduo reunir fotos de todos os provedores do HMSI, principalmente dos mais antigos, para que pudéssemos fazer um evento à altura dessa importante história. Contamos com a presença de todos na solenidade”, ressalta Dr. Jeyner Valério Júnior, coordenador do HMSI e que foi provedor entre os anos de 2005 e 2007.

Confira a relação com todos os provedores do HMSI desde sua fundação
1904 a 1916 – Dr. Antonio Martins Fontes
1916 a 1921 – Major João Baptista Novais de Aguiar
1921 a 1930 – Dr. Joaquim Antonio de Oliveira Neves
1930 a 1937 – Antonio de Paula Eduardo
1937 a 1944 – Major Américo de Araújo Lopes
1944 a 1949 – Pedro Dória
1949 a 1955 – Dr. Antonio Arrobas Martins
1955 a 1971 – Armando Lerro
1971 a 1985 – Romário Niero
1985 a 1991 – José Francisco Baratela
1991 a 1995 – Dr. Eduardo Carlos Rodrigues Nogueira
1995 a 2003 – Luiz D’Aparecida Gerbasi
2003 a 2005 e 2007 a 2009 – Mário Fernando Berlingieri
2005 a 2007 – Dr. Jeyner Valério Júnior
2009 a 2011 – Dr. José Francisco A. Geraldo Martins
2011 a 2021 – Dr. Luiz Eduardo Romero Gerbasi

Hospital e Maternidade Santa Isabel promove capacitação sobre diretrizes internacionais no tratamento do paciente com AVC

por Notícias No Comments

Apenas 2% dos pacientes com AVC no Brasil recebem tratamento específico, alerta especialista

“Apenas 2% dois pacientes com AVC no Brasil recebem o tratamento específico para o problema”, afirmou a Dra. Márcia Alves Moura Polin, que conduziu uma capacitação profissional nesta quinta, 9 de maio, na Câmara Municipal de Jaboticabal, sobre Diretrizes Internacionais no Tratamento do AVC.

O evento, promovido pelo Hospital e Maternidade Santa Isabel (HMSI), em parceria com a companhia farmacêutica Boehringer Ingelheim, contou com a presença de médicos do corpo clínico do hospital, enfermeiros, técnicos de enfermagem e responsáveis pelo serviço de assistência social do HMSI, além de profissionais de outras instituições de saúde do município, convidados para a palestra.

“O tratamento do paciente com AVC é uma linha de cuidado que contempla vários ambientes – pré-hospitalar, hospitalar e pós, e uma equipe multiprofissional”, ressaltou a palestrante, que é coordenadora da equipe de Neurologia do Hospital de Base de Bauru e neurologista do Hospital Unimed de Bauru, com doutorado em Fisiopatologia na área de Neurologia pela Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu.

“Nosso intuito com essa capacitação é mostrar como funciona o protocolo do atendimento ao paciente com AVC e como deve ser o encaminhamento”, finalizou a Dra. Márcia.

A atividade faz parte da Iniciativa Angels, projeto que visa aumentar o número de doentes tratados em hospitais preparados para o AVC e otimizar a qualidade de tratamento em todos os centros de AVC existentes.

Hospital e Maternidade Santa Isabel - Jaboticabal,SP

Diretrizes Internacionais no Tratamento do AVC é tema de capacitação promovida pelo Hospital e Maternidade Santa Isabel

por Notícias No Comments

Com foco voltado para a melhoria contínua do atendimento ao cliente, nesta quinta, 9 de maio, o Hospital e Maternidade Santa Isabel (HMSI) promove o evento de capacitação profissional sobre Diretrizes Internacionais no Tratamento do AVC – Acidente Vascular Cerebral, em parceria com a companhia farmacêutica Boehringer Ingelheim.

A atividade faz parte da Iniciativa Angels, projeto que visa aumentar o número de doentes tratados em hospitais preparados para o AVC e otimizar a qualidade de tratamento em todos os centros de AVC existentes.

Participarão da capacitação médicos do corpo clínico do hospital, enfermeiros, técnicos de enfermagem e responsáveis pelo serviço de assistência social do HMSI. Também foram convidados para o evento profissionais de outras instituições de saúde de Jaboticabal.

A ação acontece no Anfiteatro da Câmara Municipal do município, a partir das 19h30, e será conduzida pela Dra. Márcia Alves Moura Polin, coordenadora da equipe de Neurologia do Hospital de Base de Bauru e neurologista do Hospital Unimed de Bauru, com doutorado em Fisiopatologia na área de Neurologia pela Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu.

“O Hospital e Maternidade Santa Isabel investe em capacitação contínua de seu corpo clínico, para que nossos procedimentos estejam sempre em consonância com as técnicas mais modernas e as últimas novidades da medicina”, afirmou o coordenador do HMSI, Dr. Jeyner Valério Júnior.

 

Hospital e Maternidade Santa Isabel - Jaboticabal

HMSI sorteia moto zero km no dia em que comemora 115 anos

por Notícias No Comments

O sorteio de uma moto Start Honda 0 KM, que estava programado para ocorrer durante o 2º Boi no Rolete, neste domingo, na Estação de Eventos Cora Coralina, foi adiado para 2 de julho, dia em que o Hospital e Maternidade Santa Isabel comemora 115 anos de atividades.

“Quem comprou o bilhete para o sorteio da moto neste fim de semana pode ficar tranquilo, pois ele valerá para o sorteio do dia 2 de julho, aniversário do nosso hospital. O local e horário do sorteio será divulgado em breve, para que todos possam se programar”, afirmou o coordenador do HMSI, Dr. Jeyner Valério Júnior.

Todo o valor arrecadado com a venda de bilhetes para concorrer à moto, doada pela Associação da Mulher Unimed, será revertido em prol do hospital, e ainda podem ser adquiridos no próprio HMSI, ou pelo telefone 3209-2333, por R$ 30.

O 2º Boi no Rolete acontece neste domingo, 5 de maio, a partir das 11h30. O evento conta com o show da dupla Ulisses e Moisés, que vai cantar grandes sucessos da música sertaneja, com abertura da cantora Gabi Viola.

Ingressos

Ingressos para o evento também estarão à venda na hora. Adultos pagam R$ 40 o convite individual, crianças de 7 a 12 pagam meia (R$ 20), e menores de 6 anos não pagam. O cardápio inclui o boi no rolete e acompanhamentos: arroz, feijão gordo, mandioca cozida, vinagrete e salada verde. Bebidas são à parte, e não serão disponibilizadas marmitas.

Durante o Boi no Rolete também haverá sorteio de diversos brindes, e a equipe de voluntários do HMSI passará nas mesas para vender os bilhetes de cada rodada.

Ingressos para o 2° Boi no Rolete estão à venda no Hospital e Maternidade Santa Isabel

por Notícias, Voluntário No Comments

Ingressos para o 2° Boi no Rolete estão à venda no Hospital e Maternidade Santa Isabel A 2ª edição do Boi no Rolete acontece no próximo dia 5 de maio, na Estação de Eventos Cora Coralina, a partir das 11h30, e os ingressos para participar dessa festa estão à venda no Hospital e Maternidade Santa Isabel (HMSI).

O ingresso adulto individual sai por R$ 40,00, e crianças de 7 a 12 anos pagam meia (R$ 20,00). Crianças até 6 anos não pagam ingresso. A entrada dá direito ao boi no rolete e acompanhamentos (arroz, feijão gordo, mandioca cozida, vinagrete e salada verde).

Quem garantir presença também vai curtir a apresentação da dupla Ulisses e Moisés, que vai animar o público com sucessos autorais e clássicos sertanejos. Quem abre o evento é a cantora jaboticabalense Gabi Viola.

Durante o Boi no Rolete, será sorteada uma moto Start Honda 0 KM, doada pela Associação da Mulher Unimed. Para concorrer ao prêmio, basta adquirir separadamente o bilhete no valor de R$ 30,00, também no Hospital e Maternidade Santa Isabel.

O evento ainda vai promover o sorteio de diversos brindes, e os bilhetes para concorrer serão vendidos durante o Boi no Rolete.

Todo o valor arrecadado com o 2º Boi no Rolete e com os sorteios da moto e dos brindes será revertido em prol do HMSI. Participe e contribua.

Informações

Adquira seu ingresso pelo telefone: (16) 3209-2333
No Hospital e Maternidade Santa Isabel: Rua Floriano Peixoto, 1.387.

Berçário Virtual: Heitor e Laura são os nomes que lideram entre os bebês nascidos no Hospital e Maternidade Santa Isabel em 2019

por Melhor Parto, Notícias No Comments

Os nomes Heitor e Laura lideram entre os bebês que nasceram em 2019 na Maternidade do Hospital e Maternidade Santa Isabel (HMSI). De janeiro a março deste ano, foram sete bebês de nome Heitor e cinco de nome Laura.

Um total de 56 crianças foram postadas na página do berçário virtual do Hospital nesse período, com a aprovação dos pais. A ideia é que eles possam compartilhar as fotos de seus bebês com amigos e familiares distantes.

O Hospital e Maternidade Santa Isabel é o único responsável pelos nascimentos dos bebês jaboticabalenses. Além de Heitor e Laura, outros nomes de destaque foram Pedro (5 vezes), Maria (4), Arthur, Davi, Lorenzo, Valentina, Heloísa e Giovanna (3 vezes cada).

Todos os nomes, desde agosto do ano passado (quando foi lançado o Berçário Virtual), podem ser consultados em hmsijaboticabal.com.br/bercario-virtual. O berçário virtual é um serviço oferecido de forma gratuita às gestantes, que tem a opção de escolher se querem ver seus bebês estampados no site do HMSI.

“A aceitação é muito alta. A grande maioria das mães quer ver seus bebês no Berçário Virtual do HMSI. As fotos são oferecidas de forma gratuita pelo hospital e disponibilizadas em nosso site”, afirmou o provedor da Irmandade de Misericórdia, o pediatra Dr. Luiz Eduardo Romero Gerbasi.

“Único responsável pelos nascimentos de bebês em Jaboticabal, o Berçário Virtual é mais uma forma de aprimorarmos nosso atendimento às gestantes, bebês e seus familiares, que já contam com o Programa Melhor Parto – projeto pioneiro no Brasil de incentivo ao parto humanizado e mais próximo dos parâmetros científicos de segurança para mães e bebês”, destaca o coordenador do HMSI, Dr. Jeyner Valério Júnior.

Atendimento em parto de urgência evidencia qualidade da equipe da Maternidade do HMSI

por Notícias No Comments

Todos os dias, o Hospital e Maternidade Santa Isabel realiza, em média, cerca de dois a três partos. São por volta de 70 nascimentos todos os meses, mais de 800 por ano. Na maioria das vezes, a rotina acompanha o trabalho da equipe da Maternidade, com situações de indução ao parto normal, horas de espera, pedidos por anestesia, entre outros lugares-comuns do momento do parto, sempre no interior das instalações do hospital.

Na madrugada do dia 5 de fevereiro, no entanto, a rotina deu lugar à urgência. A Danyelle Eduardo foi trazida de carro ao estacionamento do hospital já em trabalho de parto, com a bolsa rompida.

De prontidão para atender inclusive este tipo de situação de urgência, nossa equipe da Maternidade, liderada naquele momento pela médica ginecologista e obstetra Dra. Danielle Miguel, com o apoio da enfermeira Priscila Ribeiro, se encaminhou à portaria do hospital e fez o parto no local.

A rapidez no deslocamento e atendimento à gestante foi fundamental para que o bebê recebesse os cuidados necessários desde o primeiro momento, ainda que a situação fosse inusitada. O bebê nasceu saudável, com mais de três quilos e meio, e foi submetido a todos os exames e procedimentos de atendimento inicial padrões para novos nascimentos.

E a dedicação demonstrada pela equipe repercutiu nas redes sociais e virou notícia. “A médica Doutora Danielle, diante da situação, desceu às pressas, fez os procedimentos e acabou de socorrer, juntamente com a enfermeira Priscila, que juntas cuidaram da criança, da mãe, dos procedimentos”*, relata um dos comentários nas redes sociais.

“Cortou o cordão, retirou o bebê e a placenta ali mesmo. Muita gente ficou em volta do carro, vendo a pronta ação da médica. Foi lindo, emocionante ver o cuidado dela com a criança, nosso pequeno Pedro”*, reforça outro depoimento.

Programa Melhor Parto

O Hospital e Maternidade Santa Isabel é pioneiro no país na implantação da metodologia do Projeto Parto Adequado, da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS. O Programa Melhor Parto transformou a realidade dos nascimentos em Jaboticabal, com partos humanizados e mais próximos dos parâmetros científicos de segurança para gestantes e bebês.

“A implantação do Programa Melhor Parto padronizou procedimentos e trouxe o conceito do parto humanizado para nossas gestantes. Mesmo assim, situações inesperadas acontecem, mas nossa equipe está sempre de prontidão para atender esse tipo de demanda”, afirmou o coordenador do Hospital e Maternidade Santa Isabel, Dr. Jeyner Valério Júnior.

“O parto humanizado é uma conquista do nosso hospital para as gestantes da nossa cidade. É muito importante que o acolhimento, na hora do nascimento, seja feito da melhor forma possível. E mesmo em situações extremas, nossa equipe de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem está preparada para agir”, reforça o Dr. Luiz Eduardo Romero Gerbasi, provedor da Irmandade de Misericórdia.

Atualmente, o Hospital e Maternidade Santa Isabel realiza todos os partos que acontecem em Jaboticabal, sejam eles pelo SUS (a maior parte), planos ou particulares. O Programa Melhor Parto aumentou a porcentagem de mulheres que dão à luz via parto normal – antes, quase 100% dos nascimentos eram feitos via cesárea.

*Depoimentos publicados originalmente pelo Jornal Cidades Online    

Idealizador da campanha dos cofres, Padre Adilson fala sobre a importância de ajudar o HMSI

por Notícias No Comments

O Hospital e Maternidade Santa Isabel lançou, no final de 2018, a campanha dos cofres, que está distribuindo pequenos cofrinhos pelo comércio de Jaboticabal, visando arrecadar recursos para o próprio HMSI.

Idealizador da campanha e importante parceiro do hospital, o Padre Adilson, da Paróquia Santa Tereza de Jesus, deu uma entrevista abordando a importância de contribuir com a instituição.

Por que é importante ajudar o HMSI?
A primeira coisa que nós temos que colocar em evidência é que a ajuda é algo humano. Faz parte da nossa realidade, nós somos solidários por natureza, querendo ou não. Por mais que a humanidade num certo ponto ainda tenha essa maldade dentro dela, a solidariedade faz esse contraponto para que o ser humano sinta-se próximo um do outro. Então, essa proximidade faz com que a solidariedade, a ajuda, seja algo fundamental para a sociedade em modo geral e em especial para com aqueles em uma situação de dor, sofrimento e angústia que é a doença. Por isso a importância de ajudar o Hospital e Maternidade Santa Isabel. Desde o primeiro momento que me chamaram para vir até aqui em nossa primeira reunião, eu me encantei pelo hospital. Além disso, o hospital representa um momento fundamental para que meu sacerdócio tenha mais sentido de solidariedade, de amor para com aqueles que estão sofrendo. Já disse para todos no hospital que me coloco sempre a disposição no que eu puder ajudar o que estiver no meu alcance.

Por que você pegou para si essa tarefa de ajudar a distribuir os cofres dessa campanha? Como foi a receptividade das pessoas, dos comerciantes e dos estabelecimentos?
Num primeiro momento, assim que foram lançados os cofrinhos, e a campanha foi iniciada, eu levei os cofres para as comunidades e paróquias, e cada padre ficou responsável por distribuir dentro da sua área e paróquia com seus comerciantes. Na minha paróquia de Santa Tereza a receptividade foi maravilhosa. Primeiro que eu apresentei para o pessoal, eles viram os cofrinhos em minhas mãos e depois eu fui direcionando para cada comerciante, primeiro para aqueles que já estavam na celebração e depois para outros com quem tínhamos um pouco mais de contato. E foi incrível, todos eles aceitaram de bom coração. Como, na verdade, era só para o cofrinho ficar dentro do estabelecimento, não houve problema nenhum. Um fato que achei muito legal é que fui a alguns comércios e tem cofrinhos que já estão com moedinhas. Então, isso significa que o pessoal está ajudando e colaborando com o hospital dentro desse projeto que foi lançado, que está sendo maravilhoso.

Que mensagem podemos para passar para as pessoas, para os comerciantes e também para os consumidores – o público final dessa campanha?
A mensagem que a gente deixa é que nós pedimos a ajuda de cada um, para que olhem para o Hospital e Maternidade Santa Isabel e façam com que esse local se torne um oásis no meio de tanto sofrimento e dor que aqui acontece. Então, cada moedinha é uma ajuda de grande valor, e pedimos a colaboração de todos na medida do possível, de acordo com a situação de cada um e da forma que puderem ajudar. E fazemos um apelo aos comerciantes, à sociedade de Jaboticabal, que colaborem com o hospital. Tem uma frase do Papa Francisco que diz que o hospital é o local onde existe muita dor, mas também o local onde nós nos colocamos diante da nossa humanidade e percebemos o quão humano nós somos. E essa solidariedade faz com que a gente reconheça na dor e no outro a presença de Deus. Então, por isso da nossa colaboração e do nosso pedido para toda a sociedade para que olhe realmente para o hospital e façam sua contribuição.

Uma mensagem final.
Só tenho a agradecer a todos do Hospital e Maternidade Santa Isabel. À Renata Assirati, ao André, ao Dr. Jeyner, à Margareth. Eu faço de coração, porque eu gosto, fui muito bem acolhido aqui por todos, então para mim é prazeroso contribuir com o HMSI. É, também, uma forma de fazer com que a sociedade se sensibilize com a realidade das pessoas que sofrem. Independentemente de ser um hospital, um asilo, uma creche ou um orfanato, pois temos tantas realidades de sofrimento na nossa cidade. É importante que cada um de nós desperte esse amor para com o próximo. E amar o próximo significa que você está amando a si mesmo e amando de modo especial a Deus, que foi Ele quem nos fez e nos deu a oportunidade de estarmos nessa Terra.